top of page

Público-alvo

Perguntas relacionadas com o público-alvo*, gestão da expectativa, construção de experiência positiva, construção da relação terapêutica.

*aplicam-se critérios de seleção de acordo com a nossa política comercial e objetivos estratégicos.

Acreditamos no serviço certo para a pessoa certa e no momento mais adequado, na especialização mais focada no bem-estar e mobilidade e no trabalho por objetivos tendo como horizonte resultados palpáveis e duráveis.

Ir para cima

»

A minha filha/o tem 18 anos. Posso marcar para ela?

Não. Geralmente, atendemos adultos a partir dos 25 anos.
 

»

O meu pai que tem 75 anos, queixa-se muito das costas. Posso marcar para ele?

Não. Não trabalhamos com esta faixa etária. 
Trabalhamos para ter resultados. Acreditamos que para a idade como a do seu pai, a abordagem terapêutica tem de ser mais sistemática e multi-disciplinar pela questão das possíveis comorbilidades e condições de saúde pré-existentes.
 

»

Quero oferecer uma massagem ao meu marido/namorado/namorada. Posso fazê-lo? 

Sim, pode oferecer uma massagem a alguém desde que esta pessoa esteja avisada e que lhe dê o seu consentimento para esta experiência.

»

Quero fazer uma surpresa ao meu marido/esposa/namorado/a. Posso oferecer-lhe uma massagem (não quero que ele/ela saiba, só no dia)?

Não. Acreditamos que para um serviço tão pessoal como é a massagem, a surpresa não será uma boa estratégia.

»

O meu marido queixa-se sempre das dores nas costas mas nunca quer fazer nada. Posso pagar-lhe a massagem a ver se assim será obrigado a ir?

Não. Acreditamos que a relação terapêutica só faz sentido e é mais forte num ambiente de confiança e de disponibilidade para tal. Os resultados dependem grandemente da qualidade desta relação.
 

»

Tenho 45 anos e jogo padle. Tenho por vezes dores nas costas ou nas pernas devido à intensidade do jogo. Que massagem será mais adequada para o meu caso?

Para o seu caso, massagem de recuperação (dor nas costas) combinada com uma massagem mais desportiva (pernas) seria uma boa opção.

»

Tenho 35 anos. Sou praticante do desporto mas nada de exagerado. Não tenho dores nem faço competições. Queria fazer uma massagem mais de manutenção. Posso?

Sim. A massagem de bem-estar físico é indicada para o seu caso (ausência de lesões, nenhuma dor). É indicada para pessoas que seguem estilo de vida saudável e tem objetivos preventivos ligados à qualidade de vida.

»

Tenho 50 anos e trabalho em escritório. Passo muitas horas sentado à secretária e tenho algum stress por causa das responsabilidades e dos prazos.

Gostava de fazer uma espécie de massagem para tirar as contraturas e o cansaço que sinto na zona dos ombros e do pescoço.

Sim, estamos aqui para isso. Massagem de bem-estar: profunda, direta e com intensidade mais alta para "atacar" o músculo e libertar os movimentos.

Vida ativa, inspirada e produtiva

bottom of page