top of page

Massagem para oferecer: Voucher de massagem- uma prenda especial!



Massagem para oferecer

Voucher- uma prenda desmaterializada.

Saiba o que é e como funciona.


Voucher ou gift card é já uma tendência marcada.

Tem vantagens para quem o oferece, pois permite poupar tempo em deslocações, é fácil de aderir e não é uma trivialidade.

Permite demonstrar o afeto ou a gratidão a quem mais gosta e também mostrar a originalidade na forma como se pensa na prenda.

E para quem recebe o voucher de prenda, é uma oportunidade de mergulhar numa experiência sensorial, viver um momento fora da sua rotina e dedicar tempo a si próprio.  

No caso concreto do Voucher de massagem, permite desmaterializar a prenda e torná-la mais sensorial, dedicada à necessidade do bem-estar corporal e físico da pessoa a quem é oferecido.

O voucher da massagem poderá conferir ao gesto um significado especial, pois nada melhor que querer ver a pessoa feliz por se sentir bem!


Que tipo de massagem pode oferecer?

Em teoria, qualquer massagem poderia ser oferecida porque não existem contraindicações absolutas em relação a esta técnica manual.

Saiba que quase todas as pessoas podem receber massagem e beneficiar dos seus efeitos sobre o corpo e o bem-estar geral.

No entanto, a especialização do espaço que oferece este serviço terá impacto no leque das opções que poderá considerar na hora de oferecer a massagem a alguém.


O que saber antes de adquirir o voucher da massagem?

Essencialmente, existem critérios simples que ligam a “tal pessoa” beneficiária do voucher à “tal massagem” que se pretende oferecer.


Primeiro, pense nos gostos da pessoa: 

-se gosta do desporto e tem se queixado da fadiga muscular

-se é uma pessoa sobrecarregada do trabalho e precisa de “desconectar”, tirando um tempo para si própria

-se é alguém quem já é apreciador da massagem e costuma fazê-la sempre que se tem oportunidade

Durante este passo irá perceber se o que procura é uma massagem desportiva, uma massagem de relaxamento e de bem-estar ou se é uma massagem diferente que possa querer oferecer.

Resumindo, a ideia é perceber (pensando na pessoa a quem quer oferecer a massagem) se quer oferecer uma “experiência” ou se quer oferecer uma “massagem” que possa responder a uma necessidade concreta daquela pessoa.

    

Segundo passo, pense no espaço, no tipo da técnica que pratica, a sua especialização e o leque das opções que oferece aos seus clientes.

Neste passo irá determinar “onde”, “o quê” bem como o “quanto”.

Novamente, o bom senso em relação ao que seria mais adequado para a pessoa: conforto do espaço, a sua localização e a proximidade (p.ex alguém com muito pouco tempo livre). Tente perceber se os profissionais daquele espaço e a sua forma de estar se adequam ao tipo de pessoa a quem pretende oferecer o voucher da massagem. Afinal, tudo se resume ao contacto pessoal, mais coisa menos coisa. 

Após a triagem, não hesite em contactar o espaço para esclarecer eventuais dúvidas ou mesmo para “sentir” se é o sítio certo.


No passo seguinte, mesmo antes de adquirir o voucher da massagem (nessa fase já decidiu onde, o quê, com quem e quanto), tente abordar a pessoa e tente saber se o que está a preparar para ela vai de encontro às suas necessidades do momento.




Posts Recentes
Arquivo
bottom of page